Região Hispânica
27 de janeiro de 2021 Missão Scalabriniana no Equador inaugura casa de acolhida para migrantes
A casa irá oferecer serviços de assistência e proteção aos migrantes e pessoas em situação de vulnerabilidade social. A inauguração acontece no dia 28.

Parte da fachada da casa de acolhida, que será inaugurada no dia 28.

 

 

POR AMANDA ALMEIDA
IMPRENSA SCALABRINIANA 
SÃO PAULO - DA REDAÇÃO


A Missão Scalabriniana no Equador inaugura na próxima quinta, 28 o Centro de Atenção Integral "Jesús de La Divina Misericordia”, que tem como objetivo dar atenção e contribuir para a proteção das pessoas em situação de vulnerabilidade social, migrantes e refugiados. 

O Centro está localizado na província de Santo Domingo, no Equador, porque, segundo a Irmã Leda dos Reis, Diretora Nacional da Missão Scalabriniana no Equador, é onde se observa uma grande população de migrantes, em especial de venezuelanos. “De acuerdo al levantamiento de información que hicimos, la Misión Scalabriniana, el año pasado, nos hemos dado cuenta que Santo Domingo es una provincia, es una ciudad, donde alberga un número bastante significativo de personas en situación de movilidad humana, especialmente nuestros hermanos migrantes venezolanos” explica. 

 

Irmã Leda dos Reis, Diretora Nacional da Missão Scalabriniana no Equador (ao lado)

O projeto vai oferecer atividades de orientação e acesso a informação geral sobre processos e rotas migratórias, atenção psicossocial e apoio psicológico especializado em pessoas migrantes, orientação jurídica para pessoas migrantes e refugiadas, com apoio a regularização migratória, acesso a serviços públicos e também assessoria e referência a serviços da Missão Scalabriniana, como os processos de meios de vida e também de infância e juventude.

 

“Esse Centro marca la articulación entre la Misión Scalabriniana y la Iglesia local, la Diócesis de Santo Domingo” afirma Irmã Leda. A equipe do Centro é composta pela Irmã Juliana Rodrigues, natural de Guariba - SP e que há 3 anos atua como Missionária no Equador, na coordenação geral de promoção humana, e pelo Padre Euclides, sacerdote diocesano em Santo Domingo, que é o responsável pela administração. 

 
Irmã Juliana Rodrigues é Missionária no Equador há 3 anos (ao lado)

 

 

A coordenação da casa realizará um trabalho de articulação e coordenação com equipe local, cooperações financeiras que apoiam os projetos e com as organizações presentes na localidade desde o âmbito eclesial e até mesmo com ONG's. Desta forma o projeto fará diferença nas vidas das pessoas em mobilidade, proporcionando um espaço de acolhida seguro e integrativo. “É mais que um sonho sendo realizado, mas sim um sinal de esperança que se faz presente na vida de muitos que se encontram a caminho em busca de melhores condições de vida” diz Irmã Juliana.

O evento de inauguração, no dia 28, começará às 10h da manhã (horário local) e será semi-presencial, quando acontecerá a inauguração da casa de acolhida, com a bênção do Monsenhor Beltrán, Bispo de Santo Domingo, e contará com a participação de organizações internacionais como Giz, União Europeia, ACNUR, Cruz Vermelha, entre outras. “Estamos muy felices, contentas, contentos, con este nuevo espacio donde tendremos la oportunidad de brindar un apoyo, una atención especial, a la población migrante que se encuentra en la provincia de Santo Domingo” conta Irmã Leda. 
 

 

Pinturas para chamar a atenção

 

 

Parte da fachada da casa de acolhida, onde podem ser vistas as pinturas que representam a diversidade.

 

 

Para dar mais visibilidade à Missão, jovens, adolescentes e crianças, que participam dos projetos da Missão Scalabriniana, trabalharam em pinturas na fachada da casa de acolhida. “Una parte de la pintura es el retrato de nuestro fundador y cofundadores. Y, una otra parte, revela exactamente la diversidad de culturas, que es la diversidad de nuestros hermanos en situación de movilidad humana, que vienen de varias partes del mundo para recibir el apoyo de nuestra Misión aquí en Ecuador” conta a irmã Leda.

 


ver mais notícias

Imagens da Semana On Monday, January 25, 373 migrants on board the Ocean Viking were disembarked in the port of Augusta in Sicily. The migrants had been rescued from three different small boats in the space of 48 hours.

Mais imagens
Receba nossa newsletter Assine nossa newsletter e receba novidades por e-mail
Seu E-mail foi cadastrado com sucesso!
OpsSeu E-mail já está cadastrado em nosso newsletter!
ATENÇÃOO formato do e-mail está incorreto.
© Missionárias Scalabrinianas. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo de Missionárias Scalabrinianas. Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei. All rights reserved.